3 motivos para uma organização adotar políticas de desenvolvimento sustentável

 em Andrade engenharia, Andrade Paulista, Envlab, Reciclex

As empresas sustentáveis já são uma realidade, todos os dias mais pessoas buscam marcas que realmente se preocupem com o ecossistema. As organizações que entenderem com mais rapidez que adotar políticas de desenvolvimento sustentável faz parte do seu papel na sociedade, contribuindo na preservação do planeta Terra, sairão na frente na conquista de clientes fiéis.

Muito se engana quem pensa que cabe somente à máquina pública agir em favor dos interesses da sociedade. As empresas privadas também devem traçar metas de responsabilidade social, que impactem positivamente o meio ambiente em que estão inseridas. Afinal, as atuações das organizações têm impactos sociais, políticos e ambientais.

Cenário atual do país

Atualmente, quase 60% do lixo gerado no Brasil não possui destinação adequada. Segundo o Atlas da Destinação Final de Resíduos (e publicado pelo Agência Senado), em 2020 o entulhamento ocupava uma área de aproximadamente 200 hectares, o que corresponde a cerca de 243 campos de futebol, e chegou a acumular mais de 40 milhões de toneladas de lixo, uma montanha de quase 55 metros de altura — equivalente a um prédio de aproximadamente 16 andares.

Os números são realmente assustadores, e você está se perguntando como a sua organização pode começar a transformar o cenário. Veja 3 motivos para uma organização adotar políticas de desenvolvimento sustentável:

1- Aumentar a credibilidade junto ao público

De acordo com uma pesquisa realizada pela Opinion Box em São Paulo, no ano de 2019, 70% dos paulistanos não comprariam produtos ou serviços de empresas que não cuidam corretamente do lixo. E 91% da população é a favor de aumentar o valor das multas para os estabelecimentos que não possuem a gestão adequada dos resíduos.

Quando se fala em público, muitas vezes se esquece que os funcionários também fazem parte do público interno de uma empresa. Eles precisam sentir que seu trabalho faz parte de algo maior, saber que suas atividades cotidianas estão interligadas a profundas transformações na sociedade.

2- Criar vantagem competitiva no mercado

Independente do segmento de atuação, a concorrência sempre existirá. Logo, é importante ter um diferencial e uma vantagem competitiva para sair na frente. Pois é isso que a empresa conquistará ao empregar os conceitos da sustentabilidade no seu negócio.

Porém, é fundamental criar objetivos e metas sustentáveis dentro da sua própria realidade, e realmente criar ações para cumprí-las. Caso contrário, poderá ter o resultado reverso do que o esperado.

3- Gerar mais economia nos processos internos

Para tornar uma produção mais sustentável, é preciso otimizar processos e fazer mais com menos recursos. Assim, a busca por sustentabilidade na produção é, também, uma porta de entrada para maior eficiência.

Uma organização que se destaca nessa área é a Natura. A empresa desenvolveu um relatório de Compromisso com a Visa, com compromissos a serem enfrentados até 2030. Todos os anos, a marca divulga os dados do progresso e os desafios em relação às nossas metas. Além de realizar ações nessa linha frequentemente, a marca organiza toda a sua cadeia produtiva para gerar impactos positivos ambientais, sociais e humanos. Os dados comprovam: segundo o gerente de Sustentabilidade da Natura, Keyvan Macedo, a empresa evitou a emissão de quase 1 milhão de toneladas de carbono nos últimos doze anos.

Ao adotar políticas de desenvolvimento sustentável, as marcas ganham duas vezes: colaborando de maneira justa e responsável em prol da sociedade, e impulsionando a melhoria em diversos aspectos de seus negócios.

Fonte-Imagem: Photo by Noah Buscher on Unsplash

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário