Moda ecológica, será que essa moda pega?

 em Sem categoria

relógio moda ecológicaA moda ecológica, ainda tímida nas prateleiras das lojas, surgiu com a ideia de pensarmos no ciclo produtivo total do produto a ser adquirido, pensando desde as matérias primas que serão utilizadas, a forma de confecção, o transporte, a utilização da peça pelo consumidor e a destinação dos materiais, fechando desta forma o ciclo do produto a ser comercializado.

Além disto, inclui-se também no conceito da moda ecológica, a forma como os resíduos são destinados durante o processo de confecção de roupas, joias e utensílios, passando por uma análise prévia das possibilidades de reciclagem e reutilização dos materiais. Dentre as formas de reciclagem e reutilização dos produtos por exemplo, é o aproveitamento de retalhos, fibras cortadas, restos de estampas corridas e reciclagem de garrafas pet.

Ou seja, a moda ecológica vai além do ato de comprar algo, sendo inserido no processo produtivo todo o pensamento socioambiental de preservação dos recursos naturais e do ecossistema.

A escolha dos materiais e as matérias primas que serão usadas na confecção das roupas é um ponto essencial na moda ecológica, onde usualmente, são optados por tecidos e fibras biodegradáveis e com produção mais sustentável, ou seja, sem utilização de produtos químicos e pesticidas. Isto porque, sob ponto de vista ecológico, os materiais como o poliéster e nylon utilizam grande quantidade de químicos para sua fabricação, podendo gerar impactos ao meio ambiente e o aumento de poluentes no ar, no solo e na água. Por outro lado, a lã, a seda e o algodão, que são tecidos naturais, não necessitam de grande quantidade de produtos químicos para a confecção.

Quando as roupas são produzidas por algodão orgânico por exemplo, significa que o processo de produção deste algodão foi feito de forma menos impactante ao ambiente, com a utilização de métodos naturais no controle de pragas das plantações, reduzindo o risco de exposição dos trabalhadores no campo, do solo e dos rios próximos.

Outra possibilidade que também é aplicada, são as fibras recicladas, ou seja, materiais que seriam resíduos na fabricação, mas que ganham um novo uso na própria produção ou na produção de outras fábricas, como é o caso dos retalhos anteriormente citado.

As novas soluções e inovações de otimização do uso dos recursos hídricos são igualmente importantes, uma vez que a fabricação de apenas uma calça jeans consome cerca de 11 mil litros de água, as práticas mais sustentáveis tornam-se vantajosas economicamente e reduzem o uso deste importante recurso natural.

Em termos dos efluentes que são gerados nas fábricas de confecção, em especial os corantes, são vistos sob conceito da moda ecológica como oportunidade de inovação, utilizando corantes naturais advindos de materiais vegetais, o que reduz por consequência o esforço e custo necessários para tratamento do efluente gerado.

camisetas de moda ecológica

Fonte: https://noticias.ambientebrasil.com.br/redacao/2019/07/14/152951-moda-ecologica.html

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Novidade da Envlab Laboratórios!