Vantagens da compostagem orgânica no tratamento de resíduos industriais

 em Andrade engenharia, Andrade Paulista, Reciclex

Os resíduos sólidos são um dos maiores vilões do meio ambiente, responsáveis pela poluição atmosférica, hídrica, do solo e, dependendo do resíduo, causa doenças às pessoas e animais.

Para conter a destruição do meio ambiente pelas atividades humanas, hoje no Brasil há uma rigorosa legislação ambiental para fazer com que empresas do setor público e privado façam o descarte adequado de resíduos.

Para entendermos melhor sobre a importância do tratamento adequado dos resíduos industriais e sobre a compostagem orgânica, preparamos esse post. Acompanhe!

O que são resíduos industriais

De acordo com a lei 12.305/10, os resíduos sólidos são os “materiais, substâncias, objetos ou bens descartados resultantes de atividades humanas em sociedade”. Dito isto, são considerados resíduos industriais as cinzas, lodos sólidos, óleos, resíduos alcalinos ou ácidos, plásticos, papel, madeira, fibras, borracha, metal, escórias, vidros e cerâmicas.

Outros resíduos também classificados como industriais são os líquidos provenientes de sistemas de tratamento de esgoto, e produtos utilizados em limpezas e instalações.

Tratamento adequado

Ainda conforme a legislação vigente, a destinação adequada para os resíduos inclui a reutilização, reciclagem, compostagem, recuperação e o aproveitamento energético estabelecido pelor órgãos competentes do Sisnama (Sistema Nacional do Meio Ambiente), do SNVS (Sistema Nacional de Vigilância Sanitária), do Suasa (Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária) e do Sinmetro (Sistema Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial.

No caso dos resíduos industriais há de se considerar a sua periculosidade, pois muitos tem características de inflamabilidade, corrosividade, reatividade, toxicidade, patogenicidade, carcinogenicidade, teratogenicidade e mutagenicidade, e, por apresentarem risco à saúde pública e ao meio ambiente, devem ser tratados com muito cuidado e atenção.

Lembrando que as pessoas jurídicas que operam com resíduos perigosos, em qualquer fase do seu gerenciamento, devem estar, obrigatoriamente, cadastradas no Cadastro Nacional de Operadores de Resíduos Perigosos.

Como implantar uma política de redução de resíduos

Para reduzir o impacto ambiental com o descarte e tratamento correto para resíduos, contrate empresas de confiança e atuem com a preservação do meio ambiente.

Se você não sabe ou ainda tem dúvidas quanto à natureza dos resíduos produzidos por sua empresa, fale conosco.

Nosso laboratório atua em todo o território nacional, fornecendo coletas e análises detalhadas dos resíduos gerados por empresas e indústrias, como medição atmosférica; análise de resíduos sólidos e análise de resíduos líquidos.

Com nossos resultados, sua empresa poderá estar em conformidade com os padrões da legislação ambiental.

Compostagem: uma opção orgânica para o tratamento de resíduos

Para resíduos não-perigosos, uma opção sustentável para o seu tratamento é a compostagem. A compostagem orgânica não é uma novidade e é, basicamente, o processo de reciclagem de lixo orgânico, que transforma a matéria orgânica (restos de comida, por exemplo), em adubo natural, substituindo o uso de produtos químicos na agricultura.

Reforçando o seu compromisso com a preservação ambiental e as inovações sustentáveis, o Grupo Andrade desenvolveu a Composteira 24h, uma composteira individual que trabalha de forma e segura para reciclar produtos orgânicos em até 24 horas.

Sem usar produtos químicos e nocivos, ela tem capacidade para processar até 400 kg de resíduos por dia. O aquecimento, agitação e fluxo de ar realizado automaticamente pelo equipamento ativa naturalmente os micro-organismos presentes no inóculo inicial para a compostagem orgânica. Neste processo é gerado apenas o resíduo orgânico da compostagem.

Fonte-Imagem: Foto de Leonid Danilov no Pexels

Postagens Recentes

Deixe um Comentário